Estes cinco designers são o futuro do mobiliário moderno brasileiro

O negociante Carlos Junqueira conta para a Archtetural Digest os nomes dos brasileiros que você deve conhecer a partir de agora
Em entrevista a AD no começo do ano, devido a exposição que estava divulgando em Miami, Carlos Junqueira, o negociante atrás do badalado empório de design brasileiro Espasso, disse que o mundo está apostando nos designers brasileiros. “Houve uma época em que as pessoas só conheciam o Niemeyer, mas há muitos outros designers e arquitetos talentosos que vieram antes e depois dele”. E é verdade: enquanto grandes nomes como Oscar Niemeyer e Sérgio Rodrigues conquistaram espaço no país no ramo da arquitetura e do design, o Brasil não ganhou o mesmo renome (ou alcançou os astronômicos preços de leilão) na área do design como aconteceu com a França, Itália ou Escandinávia; apesar de ter uma rica tradição no modernismo que dura até hoje. Nos últimos anos percebemos que cada vez mais designers brasileiros estão causando burburinho nas feiras, desde a ICFF até a Maison Object. Na dúvida em encontrar os melhores do país, a AD pediu para que Junqueira ajudasse indicando os destaques em ascensão que devemos conhecer.
_brazil-02-officer-02-credits-eduardo-delfimGuilherme Wentz’s Officer desk, which slides open for hidden storage.
Photo: Eduardo Delfim

Guilherme Wentz: Wentz lançou sua coleção de estreia na São Paulo Design Weekend em 2016. Juntando formas minimalistas com materiais de luxo, o designer de 29 anos celebra sua herança nacional usando muitos materiais locais e produzindo sua mobília em pequenas fábricas especializadas na região sul brasileira. Ideias como a mesinha (abaixo) revelam uma inclinação de Wentz em combinar luxo com design inteligente. Com o prêmio de Designer das Américas do Ano de 2016 que conquistou na Maison & Object o designer prodígio tem um futuro promissor.
_brazil-03

The Cuoro Bench by Zanini de Zanine.
Photo: Courtesy of Espasso

 

Zanini de Zanine: É justo dizer que o design está no sangue brasileiro. Filho do conhecido artista, arquiteto e designer baiano José Zanine Caldas, Zanini estudou Design Industrial no Rio de Janeiro antes de estagiar para Sérgio Rodrigues, pai do mobiliário brasileiro. Apesar de suas influências, Zanini desenvolveu um singular senso de estética, criando móveis elegantes e modernos que são muito mais uma celebração destes materiais do que objetos de mobiliário.
_brazil-04Claudia Moreira Salles furniture and lighting on display at Espasso in New York.
Photo: Courtesy of Espasso

Claudia Moreira Salles: Nascida no Rio de Janeiro, Salles deu seus primeiros passos no Instituto de Design do Museu de Arte Moderna do Rio e na empresa de mobiliário Escriba antes de estabelecer seu nome. Desde então ela ficou conhecida por sua mobília de madeira e silhuetas geométricas. Neste ano ela está inaugurando sua nova linha inovadora de luminárias na Espasso, na qual ela justapõe madeira recuperada com anodizado de nóbio para criar um degradê.
moveis_maresias11197Furniture from Carlos Motta’s Maresias line, which is named after a beach in Brazil’s São Paulo state.
Photo: Layla Motta

 

Carlos Motta: Embora seja brasileiro, a experiência de Motta o expôs a variadas tradições estéticas. O designer passou um tempo trabalhando com produtores de mobiliário na Califórnia e na Finlândia antes de retornar para o seu país de origem onde dá aulas na FAAP em São Paulo. Motta trabalha mais com madeira e é apaixonado em garantir a integridade do material. Ele usa quase que exclusivamente madeira com certificação FSC.
_brazil-06Flatware by Arthur Casas.
Photo: Courtesy of Arthur Casas

Arthur Casas: Casas inicialmente é conhecido como arquiteto e seu trabalho é, em todo um espectro, conhecido por seu calor e sua referência a natureza. Ao passo que sua arquitetura é contemporânea e visionária, os materiais que ele usa tanto em suas construções como em sua mobília relembram as tradições brasileiras. Como um designer holístico Casas criou de tudo, desde talheres passando por mesas de jantar até casas no lago.
Tradução: Regiane Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.